Blog

PEDRA SINTETICA NÃO É UMA PEDRA FALSA 09 maio. * Sem categoria

PEDRA SINTETICA NÃO É UMA PEDRA FALSA

Conheça a pedra sintética

Provavelmente você já deve ter visto por ai fotografia de uma cozinha cuja bancada tem uma cor exótica. Bancada vermelha ou verde e daí fica na duvida sobre que material é aquele.

Se já teve oportunidade de tocar as mãos em um desses materiais percebeu que são muito parecidos com uma pedra tradicional. Porque na verdade é pedra mesmo, só que sintética,  uma vez que são fabricadas a partir de pedras naturais com aditivos sintéticos.

O resultado é um material extremamente homogêneo, resistente e muito bom de se trabalhar para fazer cortes, emendas.  E  até mesmo  intervenções mais sofisticadas, como cubas esculpidas ou detalhes como escorredores de prato ou sulcos.

O padrão de cores e visuais é enorme, tanto que é praticamente impossível não encontrar algum que seja do agrado e que combine com o projeto.

Em relação à preço, muitas vezes é mais caro que uma pedra natural convenciona.  Mas se comparados a granitos ou mármores com alto valor agregado, certamente são mais baratos.

Ap_Rafiki_Orfali-55

As vantagens no uso da pedra sintética

A grande vantagem é terem uma padronização garantida, por ser um produto industrializado.  Diferente da pedra natural que precisa ser do mesmo lote para manter as mesmas características.

Outro ponto que chama atenção é que os fabricantes garantem que o processo de produção desses produtos é imensamente menos agressivo ao meio ambiente do que as pedras que são extraídas pelo processo convencional. Alguém que teve oportunidade de conhecer uma pedreira sabe o quanto essa atividade é devastadora.

As marmorarias tradicionais gostam muito de trabalhar com a pedra sintetica.  Justamente por serem resistentes para o uso cotidiano, mais macios para o corte e ajuste, o que diminui o tempo de produção e o desgaste dos equipamentos.

Alguns cuidados precisam ser observados no uso desse tipo de produto. Mas são problemas que aconteceriam com pedras naturais se fossem submetidas à mesma situação. Por exemplo, utilizar materiais claros em locais de altíssima temperatura, como lareiras e churrasqueiras pode comprometer visualmente, queimando e mudando o aspecto original do produto. No entanto, são cuidados que precisam ser observados no momento da especificação dos materiais. Um profissional atento às características técnicas sempre estará observando esses detalhes para garantir um bom resultado no projeto.

Cada dia mais diminuem os limites para a criatividade, aproveite e faça bom uso na sua casa.

 

Fique por dentro das novidades assinando a newsletter da Conseil Arquitetura


Desenvolvido por Unius